Auto Europe

  • PORTUGAL
  • Contacte os nossos agentes de reservas

    ALUGUER DE CARROS BARATO EM BOLONHA

    Aluguer de carros em todo o mundo
    Alamo Rental Car
    Avis Car Rental
    Budget Rental Car
    Dollar Car Rental
    Europcar
    Hertz
    National Car Rental
    Sixt Rent a Car
    Aluguer de carros em todo o mundo
    Descubra as vantagens
    da Auto Europe
    • Compare diferentes empresas e encontre a melhor oferta
    • Cancelamento grátis até 48h antes do levantamento
    • Sem taxas de cartão de crédito
    • Disponível de segunda a sábado
    • 24,000 balcões de levantamento em todo o mundo

    Aluguer de carros em Bolonha ao melhor preço

    Capital da região de Emilia-Romagna, a cidade de Bolonha é única e irresistível. Sétimo município mais habitado em Itália, com pouco menos de 400 mil habitantes, Bolonha é o centro de uma área metropolitana onde vivem mais de um milhão de pessoas. A capital desta região também é um centro importante de ligações rodoviárias e ferroviárias em Itália, numa área onde estão localizadas as empresas da indústria alimentar, mecânica, automobilística e electrónica mais importantes do país. A cidade também é o lar de instituições culturais, políticas e económicas de grande importância e um dos pólos mais avançados da Europa para eventos e feiras. Famosa pelas suas torres e pelas suas arcadas, Bolonha tem um dos mais antigos, maiores e mais bem preservados centros históricos do país. Um grande número de estudantes universitários reside nesta cidade. A prestigiada Universidade de Bolonha é a mais antiga do mundo ocidental, tendo sido fundada em 1088. Descubra isto e muito mais, com o seu aluguer de carros em Bolonha! Viaje com toda a liberdade e flexibilidade de que precisa pela região de Emilia-Romagna e fique a conhecer um pouco mais deste país fascinante ao seu próprio ritmo.

    A Auto Europe é uma empresa intermediária de aluguer de carros que está neste mercado de rent a car há mais de 60 anos. Colaboramos com empresas de aluguer nacionais e internacionais em mais de 180 países e oferecemos mais de 24,000 possibilidades de levantamento do seu carro de aluguer. Descubra a nossa ampla selecção de automóveis, em Bolonha e em toda a Itália, ao fazer uma pesquisa rápida utilizando o motor de reservas que pode encontrar no topo desta página. Além disso, pode subscrever a nossa newsletter e estar sempre a par das nossas ofertas e promoções exclusivas. Aproveite!

    Como é o trânsito em Bolonha?

    Conduzir em Bolonha não é muito diferente do que conduzir em outras cidades europeias. Tenha em mente que o tráfego é particularmente intenso nas horas de ponta, de manhã e ao final da tarde. O centro da cidade pode ser alcançado a partir do aeroporto em cerca de 15 minutos, após a Tangenziale Nord. Tal como acontece em outras cidades italianas, grande parte do centro histórico de Bolonha é uma Zona de Tráfego Limitado (ZTL). Isto significa que apenas veículos autorizados podem aceder a esta zona ZTL e os acessos são controlados por um sistema de câmaras de videovigilância. Tenha bastante cuidado para não entrar numa destas zonas com o seu rent a car em Bolonha, pois a multa é elevada e ainda terá de pagar uma taxa administrativa à empresa de aluguer. Isto porque a empresa não paga a multa aos seus clientes, mas envia os dados do cliente às autoridades locais que, por sua vez, contactam o cliente na sua morada pessoal directamente. Por este serviço, as empresas de aluguer cobram uma taxa administrativa.

    Onde posso estacionar o meu carro de aluguer em Bolonha?

    Pode estacionar o seu carro de aluguer nos parques de estacionamento convenientemente localizados perto do centro histórico. Os estacionamentos na rua marcados com linhas azuis estão sujeitos a pagamento. As tarifas aplicadas variam de acordo com a zona, desde 60 cêntimos por hora nas zonas periféricas, até 2,40€ por hora no Cerchia dei Mille. Também pode instalar a aplicação MyCirero no seu smartphone e, assim, pagar o estacionamento de rua directamente através da aplicação, evitando os parquímetros e as moedas, ou os títulos de estacionamento em formato de raspadinha.

    Aeroporto de Bolonha

    O Aeroporto de Bolonha é o aeroporto principal da região de Emilia-Romagna e o oitavo aeroporto italiano em termos de número de passageiros. O aeroporto é constituído por um único terminal, organizado em dois andares: no rés-do-chão poderá encontrar três áreas de check-in diferentes, diversos serviços úteis para os passageiros, tal como o balcão de informações, multibanco, pizzaria, livraria, supermercado, entre outros, bem como os balcões das empresas de aluguer. No primeiro andar, poderá encontrar os controlos de segurança, dois bares e outras lojas, o lounge para a classe business, cacifos para guardar a bagagem, entre outros serviços. A conexão wi-fi é gratuita e está disponível em todo o aeroporto.

    O aeroporto possui conexões para 13 destinos nacionais, 95 destinos internacionais e 5 destinos intercontinentais. Graças à sua localização, o aeroporto é facilmente acessível de carro a partir de diferentes cidades em Itália: de Milão pela A1, de Florença pelas A1/E35, de Pádua pela A13 e de Ancona pela A14. Para quem vem de Bolonha, seleccione a saída 4 bis na estrada de circunvalação.

    Aeroporto Guglielmo Marconi di Bologna (BLQ)
    Morada: Via del Triumvirato 84, 40132 Bolonha, Itália
    Website: Aeroporto de Bolonha
    Telefone: +39 051 647 9615

    O que fazer em Bolonha

    Homenageada com três distinções, "La Dotta, la Rossa, La Grassa", Bolonha é realmente uma cidade inesquecível. La Dotta (A Culta) em resultado da presença da universidade mais antiga do mundo, fundada em 1088, ainda em funcionamento e que atrai milhares de estudantes de tudo o mundo a cada ano lectivo. La Rossa (A Vermelha) por causa dos telhados vermelhos que desde a Idade Média dão cor a esta cidade. La Grassa (A Gorda) pela rica tradição culinária. A cozinha bolonhesa é famosa em todo o mundo. A cidade é considerada uma das mais belas cidades italianas e certamente terá muito para descobrir e visitar durante a sua estadia em Bolonha. Aqui estão as nossas dicas do que visitar na cidade e aproveitar o seu aluguer de carros em Bolonha ao máximo.

    • Piazza Maggiore: Esta praça, também conhecida como Piazza Grande, é o verdadeiro coração da cidade de Bolonha, tendo sido desde sempre o centro da vida civil e religiosa da cidade. Na "Piazza", como os bolonheses carinhosamente lhe chamam, podemos observar alguns dos edifícios mais importantes da cidade, como o Palazzo del Comune, datado do século XIV; o Palazzo dei Banchi, do século XVI; a famosa Basilica di San Petronio, a igreja mais importante da cidade e a quinta maior do mundo, famosa pela sua fachada inacabada e por ser o último exemplo do gótico em Itália; e, em frente, o magnífico Palazzo del Podestà. A poucos passos de distância, poderá encontrar a famosa Fontana del Nettuno, da autoria do escultor flamengo Giambologna e datado de 1566, uma obra-prima do maneirismo. As ruas à volta da praça estão repletas de bares e restaurantes que irão deliciar o seu paladar.

    • Torre degli Asinelli e La Garisenda: Estes são dois elementos característicos de Bolonha. Entre 1100 e 1200 foram construídas uma grande quantidade de torres nesta cidade, com uma função defensiva e uma função de prestígio para a família que promovia a sua construção. Das muitas torres edificadas nessa altura, restam menos de vinte e as duas mais importantes são, sem dúvida, as Torres de Asinelli e de Garisenda. A construção da Torre Asinelli foi concluída em 1119. A torre tem cerca de 97 metros de altura e, depois de percorrer os 498 degraus da sua escada interna, é possível subir ao topo e apreciar a vista para o mar e para os Pré-Alpes Venezianos. A Torre Garisenda fica ao seu lado, é mais baixa, medindo cerca de 47 metros, e o acesso ao seu interior não está autorizado ao público.

    • Chiesa di Santa Maria: A Igreja de Santa Maria della Vita está situada no centro histórico da cidade, a poucos passos da Piazza Maggiore. O edifício foi reconstruído no final do século XVIII, sobre as ruínas de um edifício muito mais antigo e representa o exemplo mais importante do barroco bolonhês. A igreja é conhecida principalmente por ser o lar da Lamentação sobre o Cristo Morto, da autoria de Niccolò dell'Arca. Este é um conjunto de sete esculturas que remontam ao ano 1463 e é considerada uma das obras-primas da escultura italiana.

    • Basilica di Santo Stefano: A Basílica de Santo Stefano é, na verdade, uma colecção de edifícios religiosos que compõem o Complexo das Sete Igrejas. Na Piazza Santo Stefano podemos encontrar a Igreja do Crucifixo, a Basílica do Sepulcro, a Igreja de San Vitale e Sant'Agricola, o Pátio de Pilatos, a Igreja do Martyrium, o Claustro Medieval e o Museu de Santo Stefano. O complexo certamente representa o exemplo mais interessante e mais bem preservado do românico em Bolonha. Diz-se que o projecto original remonta ao século V, quando o Bispo Petrónio tinha como objectivo reproduzir o Santo Sepulcro depois de voltar de uma viagem a Jerusalém.

    Excursões de um dia com o meu rent a car a partir de Bolonha

    Ao alugar um carro em Bolonha terá mais liberdade e flexibilidade para explorar os arredores desta cidade. Em resultado da sua localização privilegiada, este é o ponto de partida ideal para diversas excursões por esta região italiana. Deixamos aqui quatro dicas para que se possa inspirar no planeamento da sua viagem à La Bella Italia.

    Dozza

    Se quer fazer uma pausa do caos da cidade, Dozza é o lugar perfeito para si! Esta aldeia tem cerca de 6000 habitantes e é um destino de relaxamento privilegiado. A principal característica desta aldeia é que muitos edifícios estão coloridos com pinturas. O resultado é verdadeiramente surpreendente e único. Depois de um passeio pelas ruas da aldeia e de um almoço delicioso num dos restaurantes típicos, visite um dos edifícios mais icónicos de Dozza: a fortaleza Sforza. Muitos das divisões ainda estão mobiladas com a mobília da época. Aqui também pode admirar uma colecção valiosa de pinturas e tapeçarias. Dozza está situada a cerca de 35 quilómetros do centro de Bolonha e pode ser alcançada em cerca de meia hora através da E45.

    Imola

    Esta cidade com cerca de 70 mil habitantes é a única cidade italiana que foi projectada por Leonardo da Vinci, que viveu aqui durante alguns meses com Cesare Borgia em 1502. Uma visita ao castelo Rocca Sforzesca, que remonta ao ano de 1256 é obrigatória, e a partir do qual pode desfrutar de uma vista magnífica sobre toda a cidade. Entre 1472 e 1484 foi acrescentado o Palazzetto del Paradiso que, entre os séculos XVI e XX, foi utilizado como uma prisão. O castelo foi aberto ao público em 1973 e, desde então, tem um museu com uma colecção valiosa de cerâmicas e armas antigas. Imola está situada a 40 quilómetros de Bolonha e pode ser alcançada ao conduzir na E45.

    Maranello

    Maranello é conhecida em todo o mundo por ser a casa da Scuderia Ferrari. Obviamente, não podemos deixar de sugerir uma visita ao Museu da Ferrari que é, sem dúvida, o museu automóvel mais importante de Itália e, provavelmente, o mais importante do mundo. Todos os anos acolhe mais de 200 mil visitantes vindos de todos os cantos do planeta. A peculiaridade do museu consiste no fato de que os modelos expostos são constantemente alterados. Dentro do museu, destacamos o magnífico Salão das Vitórias, que conta os recentes sucessos da Ferrari e onde estão expostos os carros campeões mundiais de 1999 a 2008, os mais de 110 troféus Scuderia e os capacetes originais dos 9 pilotos da Ferrari que foram capazes de ganhar o título de Campeão do Mundo. Maranello fica a pouco menos de 50 quilómetros de Bolonha e pode ser alcançada ao viajar de carro na A1 e na E35.

    Rocchetta Mattei

    O Rocchetta Mattei é uma fortaleza e está situado nos Apeninos Setentrionais, mais especificamente no topo de uma colina de 407 metros de altitude, no município de Grizzana Morandi. A construção do edifício remonta à segunda metade do século XIX, a pedido do Conde Cesare Mattei, que queria fazer deste edifício a sua casa. A Rocchetta Mattei mistura diferentes estilos arquitectónicos de uma forma completamente original; mas podemos destacar que a arquitectura moura é a predominante, com diversas cúpulas, arcos e pátios que lembram a Alhambra de Granada. Infelizmente, o seu interior foi completamente saqueado pelas tropas alemãs durante a Segunda Guerra Mundial e, hoje, os quartos estão totalmente desprovidos de mobília. É possível reservar de forma online uma visita guiada com duração de cerca de uma hora. O Rocchetta Mattei fica a pouco mais de 50 quilómetros de Bolonha e pode ser alcançado pela SS64 e pela SP62.

    Informação geográfica e histórica

    Bolonha está situada na parte sul do Vale do Pó, perto dos Apeninos Tosco-Emilianos. Os rios Reno e o Savena delimitam o território da cidade, a oeste e a este, respectivamente. Bolonha ergue-se no coração de uma área altamente populada e apresenta uma localização estratégica e central em Itália: Milão, está a cerca de 215 quilómetros a noroeste, a costa do Adriático está a cerca de 100 quilómetros a este, a 150 quilómetros a nordeste podemos encontrar Veneza, enquanto Florença está localizada a cerca de 100 quilómetros a sul. O clima de Bolonha é temperado húmido, com Verões muito quentes e húmidos e Invernos bastante rigorosos.

    Os primeiros assentamentos na área onde Bolonha se encontra datam da Idade do Bronze. Entre os séculos X e IX a.C. nascem as primeiras aldeias da cultura villanova. A partir do século VI a.C. começa um período caracterizado por uma forte influência económica e cultural dos etruscos e a cidade é chamada de Felsina. A partir do século seguinte, verificou-se uma migração maciça de populações vindas da antiga Gália, como é o caso dos Boios, que se estabeleceram nesta área, colocando as populações etruscas em minoria. Esse domínio durou até à chegada dos romanos em 196 a.C. e em 189 a.C. foi fundada a colónia de Bononia, à qual os romanos concederam autonomia administrativa.

    Após a queda do Império Romano, a cidade foi dominada por populações bárbaras por cerca de três séculos, como foi o caso dos lombardos. No ano de 774, Carlos Magno derrotou os lombardos e entregou a cidade ao Papa Adriano I. Em 1088 foi fundada a primeira universidade do mundo, com o nome de Alma Mater Studiorum. A universidade foi a força motriz para o desenvolvimento económico e cultural da cidade e essa influência ainda é visível nos dias de hoje. No final do século XIII Bolonha é a quinta maior cidade da Europa, com uma população de 60.000 habitantes. Durante o século XIV, a cidade tornou-se cada vez mais submissa à autoridade papal e tornou-se oficialmente parte dos Estados Papais em 1507.

    Em 1530, Clemente VII coroa Carlo V como Imperador. A cerimónia decorre na Basílica de San Petronio. Após o período napoleónico, a cidade pertence aos Estados da Igreja até 1860, ano em que foi anexada ao Reino de Sardenha que, um ano depois, se transformou no Reino de Itália. Durante a Segunda Guerra Mundial, Bolonha foi fortemente bombardeada e alguns bairros do centro histórico foram completamente destruídos. A partir do segundo período do pós-guerra, a cidade de Bolonha estabeleceu-se como um dos mais importantes centros italianos. De facto, o município abriga a sede de algumas das mais importantes empresas italianas e sua universidade atrai milhares de estudantes vindos de todos os cantos do mundo todos os anos.

    Transportes públicos em Bolonha

    Autocarro

    A rede de autocarros da cidade de Bolonha é gerida pela empresa TPER (Trasposto Passeggeri per l'Emilia Romagna), que garante um serviço de autocarros e autocarros eléctricos alimentados por cabos superiores (trolleybus) com linhas urbanas e inter-urbanas. O preço do bilhete é mais barato quando comprado com antecedência (mas máquinas automáticas ou nas bilheteiras) do que a bordo com o condutor.

    Comboio

    A Estação de Comboios Central de Bolonha é uma das mais importantes em Itália, em resultado da localização estratégica da cidade, no cruzamento entre as rotas norte-sul e este-oeste. Por aqui passam cerca de 58 milhões de passageiros todos os anos. A cidade possui outras estações de comboios, de menor dimensão, como a Estação de Comboios de Bolonha Borgo Panigale, a Estação de Comboios de Bolonha Rimesse ou a Estação de Comboios de Bolonha Corticella.

    É possível alugar uma auto-caravana em Bolonha?

    Bolonha é uma cidade lindíssima, repleta de história, mas mais ainda de segredos. É o local ideal para visitar em família, com amigos, ou apenas para uma escapada romântica e a melhor forma de o fazer é através do aluguer de auto-caravanas em Bolonha. Descubra os encantos de Itália ao leme de uma casa sobre rodas e deixe de lado as preocupações com reservas de hotéis e outras coisas semelhantes.

    Links Úteis

    Turismo Bolonha

    Voltar ao topo