Auto Europe

  • PORTUGAL
  • Contacte os nossos agentes de reservas

    ALUGUER DE CARROS BARATO EM LISBOA

    Aluguer de carros em todo o mundo
    Alamo Rental Car
    Avis Car Rental
    Budget Rental Car
    Dollar Car Rental
    Europcar
    Hertz
    National Car Rental
    Sixt Rent a Car
    Aluguer de carros em todo o mundo
    Descubra as vantagens
    da Auto Europe
    • Compare diferentes empresas e encontre a melhor oferta
    • Cancelamento grátis até 48h antes do levantamento
    • Sem taxas de cartão de crédito
    • Disponível 7 dias por semana
    • 24,000 balcões de levantamento em todo o mundo

    Aluguer de carros em Lisboa – a cidade das sete colinas

    Aluguer de carros em Lisboa

    Lisboa nasce na margem norte do Rio Tejo para receber visitantes de todo o mundo. É uma cidade de superlativos: uma das capitais mais antigas da Europa e, por isso, uma das mais antigas também do mundo, uma das mais ensolaradas, uma das mais bonitas, uma das mais charmosas. É também uma cidade de contrastes: os bairros antigos de Alfama e da Mouraria estendem-se pelas encostas da colina do Castelo de S. Jorge, antigos e quase imutáveis, enquando que um pouco mais a norte, o moderno Parque das Nações, nascido da Expo 98 (a famosa Exposição Universal de Lisboa ocorrida em 1998), domina a frente ribeirinha do Mar da Palha, com uma vista soberba sobre a Ponte Vasco da Gama, a segunda maior da Europa.

    No apogeu das descobertas portuguesas, as caravelas e naus saíam de Lisboa para enfrentar as ásperas e implacáveis águas do Oceano Atlântico em busca de “novos mundos”, regressando com especiarias e outras riquezas de terras longínquas. A profunda ligação da cidade ao mar está por toda a parte, desde as elaboradas talhas náuticas do Mosteiro dos Jerónimos ao icónico Padrão dos Descobrimentos. Essa ligação mantém-se até hoje – a forma impressionante da Torre Vasco da Gama foi inspirada no desenho de uma caravela enquanto o Oceanário de Lisboa é uma verdadeira celebração do “mar oceano” e de todas as suas maravilhas. Os viajantes empenhados em explorar a cidade passarão muitas horas felizes a descobrir as suas maravilhas. E há algo para todos os gostos. Os aficionados da História, por exemplo, podem escolher entre inúmeros palácios e museus, incluindo o inacabado Palácio da Ajuda ou o misterioso Museu do Aljube, dois singelos exemplos, entre centenas possíveis, das exposições e monumentos imperdíveis que fazem parte do cardápio de Lisboa, outrora porta de entrada do mundo na Europa. Entretanto, os amantes de arte devem reservar uma parte do seu tempo para uma visita à Fundação Calouste Gulbenkian, que inclui obras de Rembrandt, Rubens e Degas. Mas se prefere os estilos contemporâneos, o Museu Coleção Berardo, situado no Centro Cultural de Belém, junto à Praça do Império, tem obras de Picasso, Dali e Andy Warhol, entre muitas outras obras e peças de estilos e lugares diversos.

    Mas há mais, muito mais, em Lisboa do que apenas uma história rica, uma arquitetura deslumbrante e exposições de arte de alta qualidade. Se gostaria de provar comida tradicional portuguesa – de referir que Portugal é considerado um dos melhores destinos gastronómicos do mundo – absolutamente requintada e saborosíssima, enquanto ouve apresentações de Fado ao vivo – o Fado é, aliás, Património Imaterial da Humanidade da UNESCO – encontrará inúmeras oportunidades em restaurantes e casas de Fado nos bairros históricos de Alfama e Bairro Alto. Mas se preferir experimentar algo mais moderno, mais trendy, onde encontra também comida tradicional elaborada por chefs da nova geração, para além das normais opções de comida do mundo, o LX Factory é o lugar onde quererá ir.

    Apesar de Lisboa ser, por si só, um vasto mundo de atrações, se você está a passar uma temporada alargada de férias, porquê parar por aqui? Com um aluguer de carros em Lisboa terá toda a flexibilidade e liberdade para viajar para onde quiser. Faça uma viagem de um dia até Cascais ou Sintra, onde encontrará maravilhas que nunca sonhou ver ao vivo, ou dirija-se para sul, à península de Setúbal, para vistas e experiências gastronómicas variadas, e a Vilamoura ou Albufeira, para um mergulho nas águas cálidas do Algarve. Com um carro à sua disposição, o tempo é inteiramente seu. E se quiser levantar o seu carro em Lisboa mas devolvê-lo noutro local, o chamado serviço “one way”, ou taxa de sentido único, oferecemos também essa opção!

    Para ajudar a encontrar a escolha certa para as suas férias, a Auto Europe tem parcerias sólidas com empresas de aluguer de automóveis de renome internacional e outras empresas locais. Isto permite-nos trazer até si uma vasta gama de veículos, sempre aos melhores preços. Aproveite o nosso poderoso motor de reservas para comparar preços de carros em Lisboa. Quer esteja à procura de um simples carro citadino ou utilitário para uma escapadinha de fim de semana e para uma experiência de rent a car ao melhor preço em Lisboa ou, pelo contrário, se procura uma espaçosa carrinha ou monovolume de passageiros para toda a família, temos o que precisa. Mas se o que procura é o melhor rent a car em Lisboa, algo mais elegante para uma ocasião especial ou um moderno carro descapotável para aproveitar o sol português, ou ainda se a sua onda é mais aventureira e aquilo que quer mesmo é um hotel sobre rodas, como uma auto-caravana, também temos! Ligue para o número +351 308 805 968 e deixe que os nossos simpáticos agentes de reservas ajudem a encontrar-lhe a melhor oferta de um rent a car em Lisboa! Visite as opiniões de clientes sobre o aluguer de carros em Lisboa para descobrir tudo o que os nossos clientes anteriores valorizaram sobre os serviços de aluguer da Auto Europe em Lisboa. Mas aproveite também para visitar as opiniões de clientes sobre o aluguer de carros em Portugal se está igualmente interessado em conhecer outras cidades e vilas pelo país.

    Clique nos tópicos listados abaixo para obter mais informações sobre o aluguer de veículos em Lisboa:

    Fornecedores Perguntas frequentes Guia de viagem

    Onde posso efetuar o levantamento do meu aluguer de carros em Lisboa

    De modo a garantir que levanta o seu aluguer de carros em Lisboa no lugar que lhe for mais conveniente, estabelecemos parcerias com empresas de aluguer de automóveis locais e internacionais com escritórios não só no aeroporto e na principal estação de caminhos de ferro como também espalhados um pouco por toda a cidade. Por isso, quer pretenda alugar um carro ao melhor preço em Lisboa, por exemplo, na Praça dos Restauradores, ou se achar mais convenientes as ofertas de rent a car na Praça do Marquês de Pombal, se preferir Picoas ou a zona de São Sebastião, estamos onde precisar de nós. Compare os preços de um aluguer de carros em Lisboa em qualquer destas localizações, escolha e deixe o resto connosco.

    Ao pesquisar os veículos disponíveis na cidade e comparar preços para um rent a car em Lisboa através do nosso poderoso motor de reservas no topo desta página, terá no mapa a opção de alternar entre locais e datas, sabendo exatamente a localização de cada balcão de levantamento com viaturas disponíveis. E pode ainda filtrar a sua pesquisa por empresa específica, se tiver já em mente uma companhia da sua preferência, e assim obter apenas os resultados por fornecedor. Nada mais fácil para garantir o melhor preço para alugar um carro em Lisboa.

    Aeroporto de Lisboa

    Esta é uma exceção numa grande cidade europeia. O Aeroporto de Lisboa encontra-se hoje dentro do perímetro urbano da cidade, facto que representa uma enorme vantagem em termos de deslocações para o centro da cidade para quaisquer viajantes. É o maior e mais movimentado aeroporto de Portugal e é composto por dois terminais. O Terminal 1, o principal, lida com todos os voos de chegada e também com os voos de partida das companhias de bandeira e de algumas outras de maior escala. O Terminal 2 lida apenas com os voos de partida das companhias aéreas de baixo custo, atualmente a Blue Air, Easyjet, Norwegian, Ryanair, Transavia e Wizz Air, embora tenha também voos de ligação interna.

    Os balcões de atendimento das locadoras de rent a car estão localizados no Terminal 1, no hall de chegadas, e é aqui que pode levantar o melhor rent a car em Lisboa. Para chegar até eles basta seguir a sinalização.

    Aeroporto Humberto Delgado (LIS)
    Website: aeroportolisboa.pt
    Morada: Alameda das Comunidades Portuguesas, 1700-111 Lisboa, Portugal
    Telefone: +351 21 841 35 00

    Estação de comboios de Lisboa

    Localizada junto ao Rio Tejo, no elegante Parque das Nações, a Gare do Oriente, também conhecida como Estação do Oriente, foi originalmente construída para apoiar a Exposição Universal de Lisboa, em 1998. É um dos principais centros de transporte público de Lisboa e oferece ligações de comboio quer em direção ao centro da cidade, quer a todo o país. Oferece também ligações de autocarros e de metro para os mais variados locais no centro da cidade e nos seus arredores. Os comboios que ligam Lisboa às principais cidades portuguesas param na Gare do Oriente e vão desde os normais suburbanos para as cidades limítrofes, os regionais que param em todas as estações e apeadeiros da Linha do Norte ou para sul, os Alfa, que oferecem um serviço de maior qualidade e rapidez na ligação intercidades, e os Alfa Pendular, o serviço de alta velocidade que liga as capitais de distrito entre Lisboa e Porto pela Linha do Norte, incluindo Santarém, Coimbra e Aveiro e igualmente para sul, em direção a Faro, no Algarve.

    Para ter acesso a um aluguer de carros ao melhor preço em Lisboa, nos balcões de aluguer de automóveis da Estação do Oriente, saiba que estes estão localizados dentro da estação. Se está a planear deixar a cidade em direção a sul ao volante do seu aluguer de carros saiba, por exemplo, que a viagem entre a Estação do Oriente e a Ponte Vasco da Gama demora apenas cerca de cinco minutos.

    Gare do Oriente (Estação do Oriente)
    Website: cp.pt
    Morada:Avenida D. João II, 1900-233, Lisboa, Portugal
    Telefone: +351 707 210 220

     

    Faça a sua reserva com as melhores empresas de aluguer de carros em Lisboa

    Líder na indústria de aluguer de automóveis, com mais de 60 de experiência, a Auto Europe desenvolveu fortes parcerias com fornecedores de rent a car conceituados em todo o mundo de forma a proporcionar aos seus clientes a melhor experiência de aluguer de carros, tanto em termos de preço como de serviço.

    Em Lisboa, trabalhamos com um vasto leque de fornecedores, desde empresas com forte presença local, como a Guerin, Centauro, Drive On Holidays ou Rent a Star, até a grandes nomes desta indústria, como a Europcar, a Avis, a Hertz ou a Budget que lhe garantem o acesso às melhores ofertas de rent a car em Lisboa. Seja qual for a sua preferência, estamos aqui para lhe garantir o acesso à melhor oferta para alugar uma viatura em Lisboa.

    Rent a Car com a Avis Rent a Car com a Budget Rent a Car com a Europcar Rent a Car com a Hertz

    Se tiver quaisquer questões a colocar acerca dos nossos parceiros e as suas condições particulares, não hesite em contactar-nos. Os nossos agentes ficarão contentes por poder ajudar em todas as dúvidas que tenha pelo telefone.


    Perguntas frequentes sobre aluguer de carros em Lisboa

    Contacte-nos

    Muitas vezes os clientes contactam-nos com questões específicas sobre alugar um carro barato em Lisboa. Para abordar este tipo de questões de forma mais ampla, decidimos compilá-las num local conveniente. Se as respostas para as dúvidas frequentes que colocamos aqui em baixo não abordarem exatamente o tópico do seu interesse ou se persistirem dúvidas, não hesite em contactar-nos e faremos o possível para fornecer assistência adicional.


    Preciso de um cartão de crédito para alugar um carro em Lisboa?

    Sim! O pagamento da reserva no nosso site requer um cartão de crédito. Adicionalmente, um cartão de crédito em nome do titular da reserva deverá também ser fornecido para permitir o levantamento do veículo.

    O motivo pelo qual deve fornecer um cartão de crédito ao levantar um rent a car barato em Lisboa prende-se com a necessidade da locadora em proceder ao bloqueio da quantia para o depósito de segurança. Esta operação só pode ser feita num cartão de crédito, sem custos para ambas as partes. Se nenhum cartão de crédito for apresentado, a locadora pode recusar-se a libertar o veículo ou exigir o pagamento de um seguro adicional.

    Há algumas coisas importantes a ter em mente em relação ao cartão de crédito usado para levantar um aluguer de viaturas ao melhor preço em Lisboa. Em primeiro lugar, saiba que não tem necessariamente de usar o mesmo cartão que fez para pagar a reserva. No entanto, este tem de estar obrigatoriamente em nome do condutor principal do carro. Isto é particularmente importante! É possível haver mais do que um condutor na lista de pessoas autorizadas pela locadora no contrato de locação (se deseja adicionar outros condutores à sua reserva, verifique se temos ofertas com condutor adicional grátis disponíveis para o seu destino) mas o cartão de crédito tem de estar obrigatoriamente em nome da pessoa identificada na reserva como sendo o condutor principal. Note que, logicamente, terá de ser o próprio titular da reserva, com o seu cartão de crédito, a levantar o veículo ou, pelo menos, a estar presente no ato do levantamento do veículo. Por motivos de segurança e para evitar a fraude, nenhuma pessoa pode usar um cartão de crédito em nome de outra pessoa, nem mesmo se essa outra pessoa for um familiar direto, casos em que a locadora se recusará sempre a deixar levantar a viatura. Note também que a maioria das locadoras não aceita cartões de crédito de empresas se o nome do titular não existir ou não for o mesmo que consta no cartão. Repetimos, pois: o nome que consta no cartão de crédito para depósito de segurança e levantamento do carro com a locadora tem de ser o que consta como titular da reserva e é essa pessoa que tem de levantar o carro no local. Nenhuma outra possibilidade será aceite.

    Em segundo lugar, como a locadora utiliza este cartão de crédito para bloquear uma caução, o limite de crédito autorizado pelo seu banco tem de cobrir a totalidade do valor em questão. Este valor varia de acordo com a locadora e o veículo escolhidos. Antes de fazer a reserva, encontra o valor do depósito ao clicar em cada carro e respetivas condições de reserva individualmente no nosso motor de reservas. Clique em “detalhes da tarifa” e verifique. Depois de fazer a reserva do seu aluguer de carros barato em Lisboa, encontrará essa informação (valor do depósito) também no seu voucher, normalmente logo na primeira página. Se o valor do depósito for superior ao limite de crédito do seu cartão, ou se não dispuser de fundos suficientes, resta-lhe a compra de um seguro adicional para que o depósito de segurança seja menor, isto se a locadora aceitar (há a hipótese de a locadora não aceitar e recusar dar-lhe o carro, como explicado antes). Atenção: as locadoras não aceitam depósitos em numerário nem o uso de dois cartões diferentes para fazer este depósito, mesmo que ambos estejam em nome do titular da reserva – um cartão tem de ter os fundos suficientes para todo o depósito. Apenas em casos especiais – carros premium e de luxo, por exemplo – pode ser exigida a apresentação de dois cartões de crédito em nome do titular da reserva. Se pretende alugar um carro de marca premium ou de categoria acima da média, verifique os requisitos exigidos em termos de cartões de crédito quando estiver a fazer a reserva e ligue aos nossos agentes se tiver dúvidas.

    Uma nota final importante para salientar que um depósito não é um valor cobrado mas simplesmente um valor bloqueado, sendo este libertado após o final do período de reserva desde que o carro seja devolvido nas mesmas condições em que foi levantado e depois de verificado, junto de outras entidades, se não há cobranças extra a fazer (carro devolvido com o depósito de combustível sem a quantidade igual à do levantamento, danos recentes, portagens não pagas, coimas de trânsito ou estacionamento, etc.).

     

    De que tipo de seguros preciso ao alugar um carro em Lisboa?

    Ao proceder a um aluguer de viaturas ao melhor preço em Lisboa no nosso motor de reservas de última geração, saiba que todas elas já incluem os seguros básicos obrigatórios por lei para circular em Portugal, incluindo a responsabilidade civil, proteção contra danos de colisão e proteção contra roubo.

    Mas há algumas coisas importantes que não devem ser esquecidas. Primeiro, tanto a proteção contra danos de colisão como a proteção contra roubo estão sujeitas a um “excesso”, ou seja, uma franquia. Em caso de danos acidentais ou roubo, o condutor principal será responsável pelo pagamento da franquia e o seguro irá cobrir o valor restante. Segundo, a proteção contra danos de colisão tem exclusões. Isto significa que alguns elementos do veículo não estão cobertos por este seguro, nomeadamente os vidros, pneus e jantes, motor, parte inferior do veículo, tejadilho, todo o interior do veículo, chaves, etc.

    Para ajudá-lo a proteger-se melhor, a Auto Europe oferece-lhe a possibilidade de adicionar um pacote de proteção alargada, denominado “Reembolso de Franquia com Super Cover”. Ao optar por esta solução, o cliente poderá solicitar o reembolso do valor da franquia que for pago à locadora em caso de danos acidentais ou furto. Além disso, este pacote cobre os elementos não protegidos pelos seguros básicos obrigatórios por lei acima mencionados (ainda assim, exceto o motor ou o interior da viatura).

    Algumas locadoras em Lisboa disponibilizam também ofertas com “Franquia Zero”. O cliente pode optar por estes pacotes especiais sendo que, nestes casos, não precisa preocupar-se com nenhum excedente pois o valor da franquia é reduzido a zero (ou a um valor residual) em caso de danos ou roubo. Entre os fornecedores que oferecem esta opção em Lisboa encontram-se a Drive & Go, a Interrent Key’n Go, a Interrent Franquia Zero ou a Centauro. Convém, no entanto, verificar no motor de reservas se assim é, efetivamente, no momento em que faz a sua reserva.

    É importante saber e compreender exatamente o que o seu aluguer de carros barato em Lisboa inclui em termos de seguros, principalmente se você optar por algum dos pacotes de cobertura adicional no momento da reserva online. Ao levantar o seu veículo, é provável que receba uma oferta de seguro adicional ao balcão. Nesse caso, ao conhecer a sua reserva e ter consciência daquilo que a mesma já inclui, não correrá o risco de duplicar as coberturas desnecessariamente. Saiba mais acerca das coberturas para o seu aluguer de carros com a Auto Europe.

    Esteja ciente de que, em geral, qualquer seguro fornecido localmente é opcional e você não tem nenhuma obrigação em adquiri-lo. Dito isto, na ausência de um cartão de crédito em nome do condutor principal para bloquear a caução (depósito de segurança), os fornecedores podem oferecer aos clientes a oportunidade de adquirir seguros adicionais com a finalidade de reduzir, ou eliminar, o “excesso” e, assim, evitar a necessidade de um bloqueio de depósito num cartão de crédito. Nesta situação, terá mesmo de fazer o seguro adicional localmente. No entanto, lembre-se de que esta é uma circunstância excecional e que nem todas as locadoras permitem esta hipótese. Recomendamos vivamente que verifique os requisitos de cartão de crédito relevantes para poder levantar o seu veículo.

    Os jovens condutores (neste caso, por jovens referimo-nos a menores de 26 anos, inclusive) podem ter de pagar uma taxa adicional de condutor jovem. Esta taxa, paga localmente, não é considerada um seguro mas sim uma “Sobretaxa para Condutor Jovem”. Antes de fazer a reserva, pode encontrar esta informação em “detalhes da tarifa” ao clicar em cada carro e respetivas condições. Depois de feita a reserva, essa informação estará também reduzida a escrito nos termos e condições do seu voucher de reserva.

     

    Como é o trânsito em Lisboa?

    Como em outras grande cidades europeias, os condutores em Lisboa devem estar preparados para enfrentar algum tráfego compacto e até engarrafamentos, especialmente durante as horas de ponta. Uma significativa quantidade de pessoas desloca-se das imediações de Lisboa para dentro da cidade em trabalho e estudo através das autoestradas e vias principais que conduzem à entrada e à saída da cidade – A1, A5, A8, A9 (CREL), A36 (CRIL) e IC19, 2.ª Circular e Eixo Norte-Sul. De igual modo, a A2, que vem de sul em direção à Ponte 25 de Abril e entra em Lisboa por essa mesma ponte, é outro local problemático, principalmente de manhã e à noite.

    O trânsito nos bairros históricos de Lisboa (Alfama, Mouraria, Graça, Príncipe Real, etc.) também pode constituir um desafio. As ruas nesses bairros tendem a ser estreitas e geralmente de sentido único, o que dificulta o tráfego para quem não está familiarizado com os locais por onde se encontra. Pelo contrário, conduzir na Baixa Pombalina é muito mais fácil do que em qualquer outro lugar do centro histórico (ruas mais largas e dispostas em grade) mas, mais uma vez, os condutores devem estar atentos às horas de ponta que também aqui podem ser desafiantes.

    Finalmente, os condutores devem estar preparados para encontrar os recentemente criados “tuk-tuk”, sobretudo nas zonas históricas da cidade. São pequenos veículos motorizados utilizados por empresas turísticas para levar pequenos grupos de pessoas em passeios guiados. Apesar do seu pequeno tamanho, os tuk-tuk são bastante rápidos e os seus condutores raramente primam pela condução defensiva pelo que, frequentemente, passam pelos outros veículos na via pública quase de raspão. Por isso, siga o nosso conselho e conceda a estes veículos todo o espaço possível para evitar acidentes.

     

    Onde posso estacionar o meu carro de aluguer em Lisboa?

    Ao alugar um carro em Lisboa saiba que existem cerca de 350 mil lugares de estacionamento na cidade, distribuídos por três zonas, todas com uma cor atribuída: a verde, a amarela e a vermelha. A verde é a zona de baixa rotação, onde o estacionamento é mais barato, e representa cerca de 62% dos lugares de estacionamento. Esta zona abrange sobretudo os locais mais residenciais. Já a amarela é uma zona de rotação de estacionamento média e é um pouco mais cara do que a zona verde. Por fim, a zona vermelha é a mais cara de todas e constitui apenas 3% dos lugares de estacionamento da capital. Esta encontra-se em zonas mais centrais da cidade, locais com elevada concentração de comércio e serviços. O estacionamento nestas zonas é taxado em períodos de 15m, sendo possível estacionar na zona vermelha até um máximo de 2h e, nas restantes zonas, até um máximo de 4h. No entanto, existem locais específicos nas zonas amarela e verde (nomeadamente Sete Rios, Parque das Nações, Entrecampos e Alameda) onde é possível estacionar durante todo o dia.

    Os parquímetros encontram-se ao longo dos passeios e o pagamento pode ser feito com moedas. Para efetuar o pagamento do seu estacionamento, deve dirigir-se ao parquímetro mais próximo, colocar o valor necessário em moedas, retirar o bilhete emitido e, por fim, colocar esse bilhete no tablier do seu veículo em local visível e facilmente legível. A EMEL (Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa) disponibiliza uma aplicação, designada “EMEL ePark”, que permite aos condutores pagar o estacionamento de forma virtual sem necessidade de recorrer ao parquímetro. Esta aplicação pode ser vinculada a um cartão de crédito ou ao sistema PayPal. Além de tornar o pagamento mais cómodo, a aplicação aponta o local onde o carro está estacionado através do sistema GPS e envia-lhe um lembrete 10m antes do período de estacionamento terminar. Se você chegar ao carro antes do previsto, pode parar a contagem de tempo na aplicação e pagar apenas pelo tempo que realmente esteve estacionado (limite mínimo de 15m). De igual modo, a Via Verde também disponibiliza uma aplicação que pode ser descarregada para o seu smartphone e que lhe permite fazer a gestão e o pagamento do seu estacionamento a partir do telemóvel. Quantas vezes não deu por si a colocar um euro no parquímetro quando, na verdade, 50 cêntimos seria o suficiente? Com a app da Via Verde pode ir colocando gradualmente o dinheiro que precisa, prolongando o estacionamento, ou até mesmo antecipar o seu fim. Se está de visita a Lisboa, esta modalidade poderá ser exatamente o que procura. Atenção ao facto de, em alguns locais, especialmente nas zonas residenciais, o estacionamento poder ser reservado aos residentes. Certifique-se de verificar as informações nos sinais de estacionamento para ter a certeza de que não está a violar esta norma.

    Estacionando na rua, há algumas coisas a ter em mente além do custo. Em primeiro lugar, certifique-se de que não deixa objetos de valor à vista dos transeuntes. Em segundo lugar, não raro vêm-se pessoas atarefadas a ajudar condutores a estacionar os seus veículos, independentemente de ter ou não sido pedida ajuda. São os “arrumadores”, como se tornou popular chamar-lhes. Nesses casos, é sempre melhor dar uma moeda a estas pessoas para evitar dissabores na volta. Em terceiro, não menos importante, se estacionar numa área de circulação do elétrico, recomendamos que tenha a certeza de não estar a estacionar demasiado perto da linha e assim poder impedir a passagem. Se isto acontecer, tenha a certeza de que o seu carro será rebocado pelas autoridades e estará sujeito a uma coima mais pesada do que o habitual devido ao transtorno potencial que poderá causar não apenas aos utentes deste transporte público mas também aos restantes utilizadores da estrada, que poderão ficar retidos num engarrafamento provocado pela sua falta de cuidado.

    Saiba também que, além do estacionamento de rua, ainda tem algumas garagens e estacionamentos subterrâneos, opções que, embora geralmente mais caras, estão normalmente próximas das principais atrações da cidade e pontos de referência, o que pode constituir uma vantagem para si. Se está a explorar, por exemplo, a Baixa lisboeta, (Baixa-Chiado), tem os estacionamentos subterrâneos da Praça Luís de Camões, da Praça da Figueira e do Largo da Boa Hora, entre outros. Se quiser passar algum tempo a explorar a zona de Belém, o Centro Cultural de Belém também oferece estacionamento. Finalmente, tem acesso aos parques de estacionamento que se encontram dentro de diversos centros comerciais espalhados pela cidade, como o Centro Comercial Colombo (em Benfica), o El Corte Inglès (em São Sebastião) ou o Centro Comercial Vasco da Gama (no Parque das Nações).

     

    Terei de pagar portagens ao conduzir o meu carro de aluguer em Lisboa?

    Não dentro da própria cidade. No entanto, se deseja viajar para fora de Lisboa, é muito provável que não consiga evitar o pagamento de portagens (pedágio), particularmente se não conhecer bem a rede de estradas à sua disposição. Se quiser viajar para sul e voltar, por exemplo, não escapará às portagens em ambas as pontes 25 de Abril ou Vasco da Gama. Por outro lado, todas as autoestradas de Portugal são portajadas.

    Existem dois tipos de sistemas de cobragem de portagens em Portugal. Nas autoestradas tradicionais, os condutores podem adquirir um bilhete à entrada, bilhete esse que deverão apresentar à saída e, aí, efetuar o pagamento. As portagens pagas desta forma podem sê-lo em numerário ou com cartão de débito (nacionais) ou de crédito (nacionais e internacionais). Nestas, também existem as chamadas portagens eletrónicas (sem necessidade de parar para pagar porque esta será debitada automaticamente), que têm vias próprias com sinalização de cor verde e com a letra V (Via Verde), exclusivas para veículos equipados com o identificador eletrónico. Se deseja optar por esta solução, deve solicitar o serviço de portagem (pedágio) automática na locadora ao levantar a sua viatura para que o identificador lhe seja fornecido. Atenção: ao passar por uma portagem eletrónica sem identificador válido ou a mais de 60 kms/h, tenha a certeza de que será sujeito a coima (multa) para além do valor da portagem e a todas as custas processuais que isso implique.

    Condutores que cruzam as pontes de Lisboa também podem encontrar as vias “Via Card” em logotipo de cor laranja e azul. Estas vias são exclusivas para utilizadores registados e não podem ser usadas por mais ninguém, devendo ser evitadas sob pena de lhe ser igualmente aplicada uma coima.

    Algumas autoestradas mais recentes em Portugal não têm portagens visíveis mas utilizam igualmente um sistema eletrónico de cobrança. Neste caso, a portagem é paga de duas maneiras: se tiver a Via Verde já referida, é só continuar a sua viagem pois a portagem é paga automaticamente, como já referido (nestas autoestradas, a passagem pode ser feita na velocidade máxima permitida por lei em Portugal, ou seja, a 120 kms/h – ou aquela que estiver a ser permitida naquele local). Se não tiver a Via Verde, resta-lhe pagar as passagens nas estações de correios ou nas Payshop. Esta é uma forma mais inconveniente de pagamento porque o obriga a fazê-lo apenas a partir das 48h seguintes à passagem, sem contar com os dias de fim de semana, que aumentam o período de espera para pagar para 72h ou até mais (quando o sistema ativa a conta referente ao seu veículo e à sua matrícula) e só tem, no máximo, cinco dias para pagar. Caso contrário, sujeita-se à inevitável coima e respetivas custas processuais para além do valor das portagens não pagas.

    Se vai viajar pelo país ou usar amiúde as autoestradas portuguesas, aceite o nosso conselho e adquira o identificador da Via Verde na locadora antes de levantar o seu aluguer de viaturas barato em Lisboa. Facilitará imenso a sua vida e evitará a preocupação de não saber onde, como ou quando pagar. Todos os nossos parceiros oferecem a possibilidade de alugar um destes identificadores ao levantar o seu carro na capital portuguesa e terá a garantia de que as portagens serão cobradas no seu cartão de crédito num prazo relativamente curto. Assine o acordo de aluguer com o agente local e peça-lhe para incluir o serviço de identificador de portagem automática, que deverá ser colocado em local próprio no interior do carro, colado ou encaixado em local visível no topo do pára-brisas.

     

    É possível alugar uma auto-caravana em Lisboa?

    Pode! Na verdade, se está a planear uma viagem rodoviária pelo país, uma auto-caravana é a forma ideal de o fazer com estilo, ao seu próprio ritmo e da maneira que mais lhe agradar. Oferecemos-lhe uma ampla escolha de opções de aluguer de auto-caravanas em Lisboa aos melhores preços pois fizemos parcerias com alguns dos principais fornecedores de auto-caravanas a operar em Portugal. Espreite a nossa grande seleção e comece já a planear a sua viagem!


    Informações úteis para a sua viagem em Lisboa

    Sendo uma das cidades mais antigas do mundo, Lisboa é a mistura perfeita entre o moderno e o histórico, o trendy e o intemporal. É uma cidade que se orgulha do seu passado e confia no seu futuro e que se mostra sem esforço na arte, na arquitetura, na cultura e na paisagem urbana. Os visitantes desta cidade não vão sentir dificuldade em encontrar o que fazer e ver durante a sua estadia, mesmo que decidam ficar um mês inteiro. A única dificuldade será escolher por onde começar.

    Lisboa é também o ponto de partida perfeito para uma road trip de carro por Portugal. Pode facilmente conduzir para norte até à cidade do Porto e explorar a “Capital do Norte” de Portugal, onde história, gastronomia e paisagens gloriosas são o forte, ou viajar para sul, até ao Algarve, e passar alguns dias a usufruir do maravilhoso sol e das calmas e cálidas águas da região. Seja qual for a direção que escolher, não faltarão uma quantidade tremenda de jóias escondidas que poderá descobrir pelo caminho.

    E se acha que viajar no seu aluguer de viaturas ao melhor preço em Lisboa e dirigir-se até ao Algarve só para dar um mergulho pode ser cansativo, não tem de o fazer obrigatoriamente ao Algarve. Graças à sua posição geográfica privilegiada junto à costa atlântica de Portugal, o que não falta são praias relativamente próximas da cidade, perfeitas para descansar um dia à beira-mar (Costa de Caparica, Cascais ou costa de Sintra, todas dentro de um raio de 25 quilómetros de distância). E os aficionados do Bodyboard, do Surf regular e do Surf de ondas gigantes ficarão felizes ao saber que Praia Grande (Sintra), Ribeira D’Ilhas (Ericeira), Super Tubos (Peniche) e Praia do Norte (Nazaré), todas ícones das principais competições destas modalidades, estão a curta distância de Lisboa.

    Excursões de um dia com o meu rent a car a partir de Lisboa

    Há muito para fazer em Lisboa e dificilmente terá tempo para conhecer todos os pontos em apenas uma visita. A cidade é riquíssima em atrações, sejam elas culturais, históricas ou gastronómicas, e a magia lisboeta é tão grande que contagiou e continua a contagiar as suas nobres cidades vizinhas. Para que possa variar um pouco o seu roteiro e conhecer a zona envolvente, deixamos-lhe abaixo alguns exemplos de vilas e cidades situadas a curta distância que, se tiver oportunidade, não deve deixar de visitar com o seu rent a car barato em Lisboa.

    Sintra

    Fazendo parte da Grande Lisboa, a vila de Sintra é só por si um local mágico que em nada fica atrás da capital. Caracteriza-se pela sua arquitetura romântica do século XIX, mas em particular pela sua singular paisagem que lhe valeu o estatuto de Património Mundial da UNESCO. Uma das principais atrações da vila é o imponente Palácio da Pena. Também reconhecido pela UNESCO como Património Mundial, este palácio é um dos ex-libris de Sintra. Considerado o primeiro palácio do Romantismo na Europa, o Palácio da Pena, é uma das sete maravilhas nacionais e está bem próximo da capital do país, pelo que uma vez ao volante do seu rent a car em Lisboa, alcançá-lo demorará apenas uns 30 minutos. Na sua visita a Lisboa, dê um pulo a Sintra porque, além de ser um sítio bastante bonito e aprazível, com uma paisagem natural gloriosa e muitos monumentos de altíssimo interesse arquitetónico, histórico e cultural, ainda lhe guarda umas surpresas gastronómicas também de alta qualidade.

    Setúbal

    Setúbal é outro local que, se estiver de visita a Lisboa, não deverá perder. Uma cidade recheada de iguarias ligada ao mar, excelentes vinhos e áreas verdes bastante agradáveis que lhe proporcionaram um belo fim de tarde ou até mesmo um ótimo fim de semana. Se tiver tempo, prove o conceituado choco frito à setubalense e faça uma visita à Herdade da Quinta da Bacalhoa. Já o fez? Então dê uma vista de olhos à nossa página dedicada a Setúbal (acima) e veja as nossas sugestões sobre o que fazer na cidade e em toda a península à qual deu nome.

    Costa de Caparica

    Ao falar sobre a capital portuguesa e sobre o seu clima absolutamente irresistível, não há como não falar da Costa de Caparica. Para muitos dos lisboetas, as melhores praias da região situam-se na Costa de Caparica, como é exemplo a Praia da Fonte da Telha. Quando o calor aperta em Lisboa, é comum ver o aumento do tráfego na Ponte 25 de Abril, aquela que liga Lisboa a Almada, e o motivo é só um: alcançar as belas e populares praias da Costa. Ao chegar a Lisboa, se lhe apetecer apanhar uns banhos de sol e se o tempo o proporcionar, faça uma visita à Costa de Caparica com o seu aluguer de carros barato em Lisboa e veja por si só como vale a pena a visita. Se quiser ir um pouco mais além e fazer um passeio pelas várias praias envolventes, veja as nossas dicas de road trip pelas praias da Grande Lisboa.

    Nazaré

    Considerada um paraíso do Surf, a Nazaré fica a cerca de 120 kms de Lisboa (uma hora e meia de carro). Nesta pequena e encantadora cidade situa-se a Praia do Norte, onde o famoso “Canhão da Nazaré” produz algumas das maiores ondas do mundo e costuma receber competições de Surf todos os anos. Surfistas de todo o mundo vêm à Nazaré para tentar quebrar o próximo recorde mundial. O imponente farol, localizado bem acima da linha do oceano, é o local perfeito para observar Surf de grande qualidade, ondas absolutamente gigantes e tirar fotos impressionantes de ambos! E se quiser comer, não faltam restaurantes e bares fabulosos que oferecem excelente comida e um excelente serviço, com especial destaque para os pratos de peixe e de marisco.

    O que fazer em Lisboa

    A missão da Auto Europe é fazer chegar até si a informação mais completa e relevante de cada cidade, de cada destino. Falar-lhe um pouco sobre o que cada local tem de melhor e ajudá-lo a elaborar o seu roteiro. O nosso objetivo é não só proporcionar-lhe um aluguer de carros em Lisboa de qualidade, como também tentar ao máximo contribuir para que as suas férias sejam inesquecíveis e que, no seu término, traga consigo a sensação de que a viagem valeu mesmo a pena e uma vontade inebriante de voltar em breve. Alguns destaques são tão óbvios que até dispensam comentários: os pastéis de Belém, a Torre de Belém, a Praça do Império e a Praça do Comércio. Com tudo isto em mente, e esclarecendo que Lisboa é uma cidade “sui generis”, então acreditamos que além de todos os formidáveis e majestosos monumentos, além da extraordinária e prazerosa gastronomia, há experiências que, talvez por desconhecimento, por vezes nos passam despercebidas.

    Desse modo, tivemos o cuidado de recolher informação de alguns desses locais, assim como outros mais populares, para que viva e desfrute ao máximo desta experiência. No fim, o objetivo é apenas um: fazer com que sinta a mesma inebriante paixão que sentimos ao escrever sobre esta magnífica cidade, que é nossa mas também sua. Aqui lhe deixamos alguns lugares a não perder em Lisboa. Alguns são bem conhecidos, outros talvez nem tanto. O que têm em comum? A sua magia!

    • Jardim do Parque Eduardo VII: Construído em meados do século XX, o Parque Eduardo VII é um dos jardins mais belos da cidade lisboeta. Originalmente chamado de Parque da Liberdade, este ganhou o nome atual em homenagem ao rei de Inglaterra Eduardo VII, após a sua visita à cidade com o objetivo de reforçar a aliança entre as duas nações. Com sensivelmente 25 hectares, o jardim conta com um extenso relvado, com uma estufa-fria e uma estufa quente, que lhe dão uma exótica diversidade de flora e fauna e o tornam num jardim no mínimo diferente. Entre o Parque Eduardo VII e a Avenida Sidónio Pais, encontrará o pavilhão polidesportivo Carlos Lopes, em memória do consagrado atleta português, recentemente recuperado e aberto ao público. O jardim é o perfeito exemplo da simbiose entre a natureza e o meio urbano. No topo do parque é possível obter uma das vistas mais bonitas da cidade, com a estátua do Marquês de Pombal a apontar o caminho até ao rio, que repousa no horizonte. Este é um local extraordinário para visitar a solo, com amigos ou com a sua cara-metade, não só pela tranquilidade e conforto que proporciona, mas também pelo ambiente mais romântico que o envolve. Não lhe tomará muito tempo visitar o Parque Eduardo VII, mas valerá a pena. E nunca é demais relembrar que é aqui que a Feira do Livro de Lisboa se desenrola todos os anos durante 3 semanas, acontecimento que é já também um ícone cultural na capital.

    • Experiência Pilar 7 – Ponte 25 de Abril: Se você tem cabeça para as alturas e acha que gostaria de estar num piso em vidro a 80m de altura acima da movimentada Avenida da Índia, o Pilar 7, na Ponte 25 de Abril, é uma visita obrigatória. Esta experiência única levalo-á ao topo de um dos pilares desta icónica ponte para desfrutar de uma das melhores vistas sobre a cidade. E para além da vista deslumbrante, do rio Tejo e de alguns dos principais monumentos lisboetas, o Pilar 7 também oferece um tour de realidade virtual, que leva os visitantes pela história e detalhes desta ponte, irmã da Golden Gate em S. Francisco, nos EUA.

    • Castelo de S. Jorge: No topo de uma das colinas mais centrais da cidade, o Castelo de S. Jorge é o lugar perfeito para aprender mais sobre a longa, e por vezes turbulenta, história de Lisboa enquanto, ao mesmo tempo, desfruta de vistas verdadeiramente deslumbrantes da cidade, e talvez pare para beber uma “bica” e comer um pastel de nata no charmoso Café do Castelo. A “Exposição Permanente” que ali encontra, bem como o “Sítio Arqueológico”, são ambos obrigatórios para os aficionados por História pois oferecem algumas informações muito interessantes sobre os tempos antigos, anteriores até à própria nacionalidade portuguesa. Para lá chegar, aconselhamos que estacione o seu carro alugado no parque de estacionamento do Martim Moniz. Pode também estacionar no parque da Praça Luís de Camões e depois apanhar o elétrico 28 (sentido Martim Moniz se vai para o Castelo ou sentido Campo de Ourique se volta para o seu carro) até à paragem do Miradouro de Santa Luzia. O elétrico 28, um dos icónicos elétricos amarelos de Lisboa, é por si só uma instituição que se destaca e que o levará por alguns dos bairros históricos da cidade, oferecendo-lhe um gostinho da verdadeira Lisboa.

    • Alfama: O elétrico 28 também o leva até ao centro de Alfama, uma das áreas mais antigas e continuamente habitadas de Lisboa. Um labirinto de tipo montanhoso de ruas sinuosas de paralelepípedos, escadarias estreitas e fachadas de azulejos, Alfama sobreviveu ao grande terramoto de 1755 com a maior parte da sua área original intacta e conseguindo assim manter todo o charme e caráter da velha Lisboa. Possui uma grande variedade de restaurantes tradicionais, casas de fado e pequenos mas charmosos cafés, ao lado de alguns miradouros interessantes que lhe permitem desfrutar de vistas deslumbrantes sobre a cidade e sobre o rio. Os visitantes de Alfama também podem querer passar algum tempo a explorar os pequenos museus espalhados pela zona, como o Museu do Aljube, outrora uma prisão específica para presos políticos, ou o Museu do Fado, dedicado à icónica música lisboeta.

    • Oceanário de Lisboa: Localizado na parte oriental da cidade, no moderno Parque da Nações, o Oceanário de Lisboa foi originalmente construído para a Expo 98, a Exposição Universal de Lisboa, e continua a ser, até hoje, o maior aquário coberto da Europa. Tem encantado continuamente milhares de crianças e adultos todos os anos com a sua vasta coleção de peixes, pássaros, mamíferos marinhos e anfíbios. Habitats diferentes são recriados em quatro grandes tanques que circundam o tanque central principal. Os diferentes habitats são separados por grandes lâminas de acrílico para dar a ilusão de um único grande aquário e abrigam espécies de todo o mundo, incluindo um grande peixe-lua e diversos tubarões de grande porte. Se for no seu carro alugado para o Oceanário, existem vários locais onde poderá parquear o mesmo. Os mais próximos são o Parque Oceanário ou o Parque da Doca. Em alternativa, pode deixar o carro estacionado no vizinho Centro Vasco da Gama ou no grande estacionamento da Gare do Oriente (Estação do Oriente).

    • Museu de Marinha: A História de Portugal está intrinsecamente ligada ao mar, e que melhor forma de aprender sobre a época dos Descobrimentos e as contribuições de Portugal para a História da Europa e História Universal do que visitando o Museu de Marinha? Situado na ala oeste do Mosteiro dos Jerónimos, este museu leva os visitantes numa viagem de descoberta pelas aventuras marítimas do país, desde as primeiras viagens aos arquipélagos da Madeira e dos Açores até à descoberta da rota marítima para a Índia, e do apogeu do império global português até ao seu declínio e às guerras coloniais dos anos 60 e 70 do séc. XX. A vasta coleção do museu inclui modelos, réplicas e navios que navegaram efetivamente, de diferentes épocas, incluindo duas barcaças cerimoniais utilizadas pelos monarcas e presidentes portugueses em ocasiões de estado. A rainha Isabel II de Inglaterra usou uma dessas barcaças durante a sua primeira visita oficial a Portugal, em 1957. Se planeia uma visita a este museu, saiba que o parque de estacionamento mais próximo é o do Centro Cultural de Belém, a apenas 200m de distância e que, uma vez ali, terá muitos outros pontos de interesse à sua volta a que pode chegar muito facilmente a pé em escassos minutos (Planetário Calouste Gulbenkian, Mosteiro dos Jerónimos, Casa dos Pastéis de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Praça do Império, Jardim Botânico Tropical, vários museus e o próprio Centro Cultural de Belém).

    • Miradouro de Nossa Senhora do Monte: O Miradouro da Senhora do Monte era até há pouco tempo desconhecido, mesmo para uma grande parte dos habitantes da cidade. Bem no coração do bairro da Graça, este miradouro tem possivelmente uma das vistas mais bonitas de Lisboa, colocando à sua frente o tradicional bairro da Mouraria e dando-lhe uma perspetiva única sobre o Castelo de São Jorge. Daqui terá a zona histórica a seus pés e poderá observar o contraste entre a parte antiga e a parte mais moderna da cidade. Este é um local absolutamente apaixonante e que merecerá algumas fotos, para ser recordado mais tarde.

    • Jardim da Gulbenkian: Com trilhos que ziguezagueiam ao longo do imenso jardim, o Parque da Fundação Calouste Gulbenkian é uma autêntica maravilha paisagística. Projetado pelos arquitetos António Viana Barreto e Gonçalo Ribeiro Teles, este parque foi construído nos anos 60 do séc. XX, localiza-se bem no centro da capital portuguesa, junto à Praça de Espanha e tem uma extensão de aproximadamente 7,5 hectares. O parque da Fundação Calouste Gulbenkian embeleza e rodeia a sede da fundação e, em conjunto com o edifício-sede e com o museu, recebeu o prestigiado Prémio Valmor em 2010. Aconselhamos vivamente a percorrer tranquilamente este lindíssimo e reconfortante jardim e que se deixe encantar pela sua beleza. Vai ver que ficará maravilhado!

    • Baixa Pombalina: Este é um dos locais que certamente já visitou ou de que pelo menos já ouviu falar. Quem nunca ouviu algo sobre o apaixonante Chiado, ou sobre o café “A Brasileira”, esse icónico local que tantas tertúlias presenciou e tantos pensadores conheceu? Muito há que fazer na bela baixa pombalina, desde contemplar a imponente estação do Rossio, ou caminhar pela Rua Augusta e pelo Terreiro do Paço (nome originalmente atribuído àquela que é hoje a Praça do Comércio), onde será brindado pelo magnífico e reluzente rio Tejo. Não há como visitar Lisboa sem conhecer a baixa pombalina, pois grande parte da história da cidade está ligada a esta zona, particularmente no episódio do grande terramoto de 1755 e da reconstrução da cidade que se seguiu. Visite-a, contemple-a e deixe-se levar pela sua beleza e elegância.

    Links úteis

    Turismo de Lisboa